terça-feira, 10 de Maio de 2011

Cidades De Portugal - Aveiro

                                                 HISTÓRIA DE AVEIRO


 Em finais do século XVI, princípios do XVII, a instabilidade da vital comunicação entre a Ria e o mar levou ao fecho do canal, impedindo a utilização do porto (veja Porto de Aveiro) e criando condições de insalubridade, provocadas pela estagnação das águas da laguna, causas estas que provocaram uma grande diminuição do número de habitantes - muitos dos quais emigraram, criando póvoas piscatórias ao longo da costa portuguesa - e, consequentemente, estiveram na base de uma grande crise económica e social. Foi, porém e curiosamente, nesta fase de recessão que se construiu, em plena dominação filipina, um dos mais notáveis templos aveirenses: a igreja da Misericórdia.
Em 1759, D. José I elevou Aveiro a cidade, poucos meses depois de ter condenado por traição, ao cadafalso, o seu último duque, título criado, em 1547, por D. João III. Por essa razão, e a pedido de algumas pessoas notáveis da cidade, à nova cidade foi dado o nome de Nova Bragança em vez de Aveiro, por Alvará Real de 11 de Abril de 1759. Com a queda do poder do Marquês de Pombal, após D. Maria I se tornar rainha em 1777, logo esta mandou voltar a cidade à sua anterior designação.

                                                      


Costa Nova

Entre a Ria de Aveiro e o mar fica uma península, e é aqui que se encontra a Costa Nova, com as suas casas com riscas coloridas derivadas das originais casas de madeira dos pescadores. Estas casas de madeira são cada vez mais raras de se ver. Em Aveiro encontram-se umas poucas junto do cais de S.Roque.


 Praia de areia muito fina e normalmente ventosa. O mar é bastante mexido, o que é habitual nas praias do norte do país. Boas condições para a prática do surf e do windsurf.
Na zona que se estende a sul do parque de campismo da Costa Nova (a sul da povoação), ao longo de mais de um quilómetro, pratica-se o naturismo.
Da Praia da Costa Nova, contemplam-se as casas de cores fortes, pintadas em riscas, predominantemente verticais, que tornam a avenida principal bastante colorida.



Estádio.

                 Nota: A equipa que ‘luta’ pela cidade de Aveiro, chama-se Beira-mar.






 

Sem comentários:

Enviar um comentário